Colaborador da ALE desenvolve sistema para reutilização de água do ar-condicionado

14/ 10

O celular do colaborador ALE Jackson Fernandes toca várias vezes ao longo de um dia de trabalho. Ele é o responsável pelas manutenções preventivas e corretivas na sede da ALE em Natal, no Rio Grande do Norte. Enquanto solicita uma manutenção aqui e ali, o analista de Serviços e Contratos fica de olho nas oportunidades de melhorias para tornar o prédio mais sustentável. Quando surge uma ideia, ele compartilha com os seus gestores para ver se é possível tirá-la do papel.

Foi em uma dessas conversas que Jackson recebeu o aval e o suporte para seguir em frente com a sua ideia de desenvolver um sistema para captar a água que sai dos dutos dos ares-condicionados do restaurante, que fica localizado dentro da unidade da ALE. Em setembro o sistema foi implementado e testado e, desde então, a água captada é reaproveitada para irrigar os gramados do prédio. “A água é um recurso que está acabando. A gente vê a crise hídrica, as secas do Nordeste…Tudo isso nos sensibiliza. Precisamos ter consciência de que virão as futuras gerações e que elas sofrerão impactos muito maiores causados pela degradação ambiental”, afirma Jackson, que estuda a viabilidade de implementar o sistema em outros ares-condicionados do prédio.

Jackson

Jackson desenvolveu um sistema para captar a água que sai dos dutos dos ares-condicionados para irrigação dos gramados do prédio.

A ação do colaborador gerou economia de 20 litros de água por dia e foi reconhecida na campanha “Compartilhe sua atitude!”, promovida pela ALE em setembro. A proposta era que os participantes compartilhassem com a companhia uma atitude praticada no dia a dia que contribui para a preservação do meio ambiente. A ideia de Jackson foi a mais votada pelos colaboradores e, como prêmio, ele recebeu 5 mil REALES, moeda do programa de fidelidade Clube ALE, e um curso EAD na Academia Corporativa da ALE. “Fiquei surpreso com o resultado. É gratificante ser reconhecido entre tantas atitudes boas. Aproveito para elogiar os demais participantes”, acrescenta.

As melhorias não param por aí

Além da atitude vencedora, Jackson compartilhou outras iniciativas praticadas no dia a dia de trabalho. Uma delas foi a mudança no processo de limpeza dos reservatórios de água e da cisterna, implementada em abril deste ano. “Conseguimos economizar 55 mil litros de água na última limpeza, sem comprometer a qualidade do serviço.”

Jackson também teve a ideia de criar uma pequena horta para aproveitar melhor o espaço externo do prédio anexo. Junto com o jardineiro da empresa, o colaborador estudou as condições do solo e os tipos de alimentos mais adequados para o plantio. “Lá tem alface, coentro, cebolinha e pimentão. Tudo foi plantado com adubo orgânico, sem a utilização de nenhum produto químico”, conta.

A novidade foi aprovada pelos colegas de trabalho, que passaram a visitar a área com mais frequência. “A horta favoreceu a socialização na empresa. Os colaboradores passam pelo local e trocam informações sobre a plantação. Alguns estão até criando uma horta em casa”, finaliza.

02

Ele implementou processo de limpeza dos reservatórios de água e da cisterna. Economizou 55 mil litros de água.

03

Ele também criou uma pequena horta orgânica para aproveitar melhor o espaço externo do prédio, onde já foi plantado coentro, cebolinha, alface e pimentão.

As mais votadas
Assim como Jackson, outros colaboradores da ALE compartilharam as suas ações na campanha “Compartilhe sua atitude!”. Confira abaixo as mais votadas:

Regina Celly Bezerra Dantas – Natal
“Levo pela manhã e à tarde todas as garrafas dos colegas para abastecer de água e ninguém utilizar copos. Ajude você também o meio ambiente e reduza os custos.”

Raphael Cortez de Lima – Natal
“Como atitude sustentável, uso garrafas PET nos vasos de descarga, economizando dois litros de água a cada descarga e gerando uma contribuição à natureza, além da redução de 20% na conta de água.”

Nicole Caroline Napolis S. Fernandes – Rio de Janeiro
“Diariamente são jogados no lixo milhares de caixotes e paletes, mas com um pouco de criatividade, podemos transformá-los em belos móveis. Fica a dica para iniciar a sua atitude sustentável, assim como eu.”

Anderson Pereira de Oliveira – Natal
“Reutilizar materiais como pneus, madeira ou garrafas de vidro que geralmente são descartados é uma excelente forma de contribuir para a preservação do meio ambiente. De forma criativa e com apenas um pneu, foi possível fazer um bom trabalho e enfeitar o jardim.”

Todos eles também vão receber 5 mil REALES e um curso EAD da Academia Corporativa da ALE (3R – Reduzir, Reciclar e Reutilizar).

Comente